Encontramos seu cartão!

Evolução dos bancos digitais: da criação ao sucesso atual

evolução dos bancos digitais
Imagem: Canva

A evolução dos bancos digitais tem sido nítida nos últimos anos, ganhando destaque no mercado financeiro. Através da tecnologia, essas instituições oferecem aos seus clientes uma experiência totalmente digital e sem burocracia. 

Além disso, desde a criação dos primeiros bancos digitais até o sucesso que vemos atualmente, muitas mudanças ocorreram nesse setor. Neste artigo, vamos abordar a evolução dos bancos digitais desde a sua criação até o sucesso atual.

Bancos digitais: o início

O primeiro banco digital do mundo surgiu na Alemanha, em 1995. Chamado de Telebanka, ele permitia que os clientes realizassem transações financeiras através de um telefone fixo. 

Contudo, o conceito foi avançando e, em 1999, foi criado o banco online Egg, no Reino Unido, que oferecia serviços bancários exclusivamente pela internet. Nos anos seguintes, outros bancos digitais foram criados, como o Ally Bank, nos Estados Unidos, e o ING Direct, na Espanha.

No Brasil, o primeiro banco digital foi o Banco Original, criado em 2011. Ele foi lançado com a proposta de oferecer serviços bancários sem a necessidade de agências físicas. 

Sendo assim, o Banco Original foi pioneiro no uso de aplicativos para dispositivos móveis, permitindo que os clientes realizassem operações financeiras diretamente pelo celular.

A evolução dos bancos digitais

Com o passar dos anos, os bancos digitais foram evoluindo e aprimorando seus serviços. Eles passaram a oferecer uma ampla variedade de produtos e serviços, como contas correntes, cartões de crédito, investimentos, empréstimos e seguros. 

Além disso, muitos bancos digitais passaram a oferecer serviços adicionais, como programas de cashback, descontos em estabelecimentos parceiros e transferências gratuitas.

Os bancos digitais também investiram em tecnologia para oferecer uma experiência cada vez mais personalizada para os clientes. Por exemplo, muitos bancos digitais utilizam inteligência artificial para analisar o perfil do cliente e oferecer produtos e serviços que se adequem às suas necessidades.

Sendo assim, outra característica que marcou a evolução dos bancos digitais foi a parceria com fintechs. Por isso, essas empresas são startups de tecnologia que oferecem soluções financeiras inovadoras, como aplicativos de controle financeiro, plataformas de investimento e meios de pagamento.

Hoje, contamos com uma variedade de bancos digitais de sucesso, como:

  • Nubank;
  • C6 Bank;
  • Neon;
  • Inter;
  • Girabank, entre outros. 

Sendo assim, as fintechs se tornaram importantes parceiras dos bancos digitais, ajudando a expandir seus serviços e melhorar a experiência do cliente.

Sucesso atual

Atualmente, os bancos digitais têm conquistado cada vez mais espaço no mercado financeiro. Eles oferecem uma série de vantagens em relação aos bancos tradicionais, como taxas mais baixas, facilidade de uso e agilidade nas transações. 

Além disso, os bancos digitais têm sido muito bem-sucedidos em atender às necessidades de um público cada vez mais conectado e exigente.

O sucesso dos bancos digitais também pode ser explicado pela mudança de comportamento do consumidor. Cada vez mais, as pessoas têm buscado soluções que ofereçam praticidade, agilidade e segurança. 

Nesse contexto, os bancos digitais surgem como uma alternativa moderna e inovadora, que se adapta às novas demandas do mercado.

Outro fator que contribui para o sucesso dos bancos digitais é a pandemia de Covid-19. Por isso, com as restrições de circulação e a necessidade de distanciamento social, muitos clientes passaram a buscar soluções financeiras que não exigissem a ida a uma agência física. 

Assim, os bancos digitais se tornaram uma opção ainda mais atraente para muitos consumidores.

Os bancos digitais também têm se destacado pela qualidade do atendimento ao cliente. Por isso, muitos desses bancos oferecem atendimento 24 horas por dia, sete dias por semana, através de canais digitais como chat, e-mail e telefone. 

Além disso, muitos bancos digitais têm investido em programas de fidelidade e em ações de marketing para atrair e reter clientes.

Certamente, esses bancos continuarão evoluindo e se adaptando às novas demandas do mercado, contribuindo para a democratização do acesso aos serviços financeiros.

Recomendamos também: