Rendimento em bancos digitais: entenda mais sobre

rendimento em bancos digitais
Imagem: Canva

Os bancos digitais são instituições financeiras que oferecem serviços e produtos pela internet, sem a necessidade de agências físicas. Eles se destacam pela praticidade, pela economia e pela rentabilidade que proporcionam aos seus clientes. 

Mas como funciona o rendimento em bancos digitais? Quais são as vantagens e os riscos desse tipo de investimento? Neste artigo, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Confira!

O que é rendimento em bancos digitais?

O rendimento em bancos digitais é a remuneração que o cliente recebe por deixar o seu dinheiro aplicado na conta corrente ou em outros produtos financeiros oferecidos pelo banco. Essa remuneração pode variar de acordo com o tipo de produto, o prazo, o valor e a taxa de juros.

Um dos principais atrativos dos bancos digitais é que eles costumam oferecer rendimentos maiores do que os bancos tradicionais, pois têm custos operacionais menores e repassam essa economia para os clientes. Além disso, eles também costumam ter taxas de administração e de serviços mais baixas ou até mesmo isentas.

Quais são os tipos de rendimento em bancos digitais?

Existem diversos tipos de rendimento em bancos digitais, que podem ser divididos em duas categorias: renda fixa e renda variável.

A renda fixa é aquela em que o cliente sabe previamente qual será o retorno do seu investimento, pois ele é definido por uma taxa de juros fixa ou por um índice de referência, como o CDI ou a Selic. Portanto, alguns exemplos de renda fixa são: CDB, LCI, LCA, Tesouro Direto, fundos de renda fixa, entre outros.

A renda variável é aquela em que o cliente não sabe previamente qual será o retorno do seu investimento, pois ele depende da variação do preço de um ativo no mercado, como uma ação ou uma moeda. Sendo assim, alguns exemplos de renda variável são: fundos de ações, fundos multimercado, fundos imobiliários, ETFs, entre outros.

Quais são as vantagens do rendimento em bancos digitais?

As vantagens do rendimento em bancos digitais são:

  • Maior rentabilidade: os bancos digitais costumam oferecer taxas de juros mais atrativas do que os bancos tradicionais, tanto para a conta corrente quanto para os produtos financeiros. Isso significa que o cliente pode ganhar mais dinheiro com o mesmo investimento.
  • Maior praticidade: os bancos digitais permitem que o cliente faça todas as operações pela internet, sem precisar se deslocar até uma agência ou enfrentar filas. Portanto, isso facilita o controle e a gestão das finanças pessoais.
  • Maior diversidade: os bancos digitais costumam oferecer uma variedade maior de produtos financeiros do que os bancos tradicionais, atendendo a diferentes perfis e objetivos de investidores. Além disso, isso permite que o cliente escolha a melhor opção para o seu caso.
  • Maior segurança: os bancos digitais seguem as mesmas regras e normas dos bancos tradicionais, sendo fiscalizados pelo Banco Central e pelo Conselho Monetário Nacional. Além disso, eles também contam com mecanismos de proteção ao investidor, como o Fundo Garantidor de Créditos (FGC), que garante até R$ 250 mil por CPF e por instituição em caso de falência ou liquidação do banco.

Quais são os riscos?

Os riscos do rendimento em bancos digitais são:

  • Risco de crédito: é o risco de o banco não honrar os seus compromissos financeiros com os clientes, seja por dificuldades financeiras ou por má gestão. Esse risco pode ser minimizado ao se escolher um banco confiável e ao se verificar a sua classificação de risco pelas agências especializadas.
  • Risco de mercado: é o risco de o investimento sofrer perdas por causa da variação dos preços dos ativos no mercado. Esse risco é maior para os produtos de renda variável, que são mais voláteis e imprevisíveis. Esse risco pode ser minimizado ao se diversificar a carteira de investimentos e ao se adequar ao perfil e ao horizonte de investimento do cliente.
  • Risco de liquidez: é o risco de o cliente não conseguir resgatar o seu investimento quando precisar ou de ter que vender o seu ativo por um preço menor do que o esperado. Esse risco é maior para os produtos que têm prazos de vencimento mais longos ou que têm baixa demanda no mercado. Esse risco pode ser minimizado ao se planejar as necessidades financeiras e ao se verificar a liquidez dos produtos antes de investir.

Além disso, o rendimento em bancos digitais é uma forma de fazer o dinheiro render mais, com praticidade, diversidade e segurança. No entanto, é preciso estar atento aos riscos envolvidos e escolher os produtos que se encaixam no perfil e no objetivo do investidor. 

Para isso, é recomendável contar com a ajuda de um especialista em investimentos, que pode orientar sobre as melhores opções e estratégias para cada caso.


Última atualização: 2 de outubro de 2023

Recomendamos:

Confira também

CARTÃO BMG CARD
A menor taxa de juros, sem anuidade
e possui diversas vantagens!
CARTÃO MAGALU
2% de cashback
Zero Anuidade
CARTÃO PICPAY
Zero anuidade e limite
pré-aprovado a partir de R$ 400.
CARTÃO SUPERDIGITAL
Passa no crédito,
mas debita na hora.